CONHEÇA PIRITUBA

HISTÓRIA

Pirituba nasceu a partir de uma fazenda adquirida pelo coronel Anastácio de Freitas, que veio a ser adquirida pelo brigadeiro Rafael Tobias de Aguiar e pela Marquesa de Santos. Em 1917, a fazenda foi adquirida pela Companhia Armour, e a área destinada à criação de gado de corte foi dada à Cia. City, que urbanizou esta região. Atualmente, é um dos polos industriais da cidade, com várias indústrias instaladas e residências diversas. Houve, ultimamente, um grande aumento de edifícios na região, além da retirada total das favelas e o deslocamento dessas populações para unidades construídas pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo em outros bairros.

Possui um dos clubes holandeses mais tradicionais de São Paulo, a Casa de Nassau e, no decorrer dos tempos, sofreu forte influência de colônias de ingleses, de russos e de italianos que vieram trabalhar nas indústrias da região no início do século XX.

O distrito também é cortado pela Linha Sete da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, antiga Estrada de Ferro Santos-Jundiaí. A estação Pirituba foi inaugurada em 1885 pela São Paulo Railway (também conhecida como "Ingleza"). Na época, muitos ingleses residiam na Chácara Inglesa. Em 1964, a estação passou por reformas que incluíram as construções de uma passarela e de mais uma plataforma, entregues em 1965. Além dos ingleses, as terras situadas ao redor da estação, na época de sua construção, receberam um considerável número de famílias italianas e portuguesas interessadas pela região, constituindo, assim, as primeiras famílias de Pirituba.

Nos anos 40 foi construído o Cine São Luiz, um dos cinemas de bairro mais renomados da cidade de São Paulo na época. O local passou por algumas mudanças e, em 1991, se tornou a Paradise, casa noturna onde ocorriam diversas festas de Flash House, e que já não existe mais. Outra casa importante na região foi o Piritubão, que ficou conhecido nos anos 80 devido aos seus bailes e shows. Algumas bandas conhecidas pelo grande público, como o Titãs e o Ultraje a Rigor, fizeram apresentações no Piritubão no início de suas carreiras.

Contudo, os anos 50 foram os mais importantes sob a ótica do desenvolvimento do bairro. Alguns dos fatos históricos de grande importância neste período foram a ampliação considerável do Lanifício Pirituba, a fundação de fábricas como a de papel Rio Verde, a de lajes errana, a de preparo de algodão Norbo e a Pianofatura Paulista.

Imagens dos principais pontos de referência da região de Pirituba

CARACTERÍSTICAS SOCIOECONÔMICAS

A região abriga todas as classes sociais, embora a classe média seja a predominante. Algumas pessoas que não conhecem Pirituba imaginam, erroneamente, que se trata de uma região de classes média baixa e baixa. Todavia, é importante deixar claro que existem áreas carentes na região, sendo elas, sobretudo, os bairros mais periféricos que fazem limite com os distritos da Brasilândia e Jaraguá, como o Jardim Paquetá e o Canta Galo, porém elas não representam sua maior parte.

Os bairros mais próximos de vias como a Marginal Tietê e a Rodovia dos Bandeirantes, como a Chácara Inglesa e o Jardim Felicidade, apresentam ótima infraestrutura com moradias de médio e alto padrão, ruas mais largas e arborizadas, comércios de melhor qualidade e maior número de instituições de ensino particular. Além do mais, a região apresenta áreas nobres como o City América (São Domingos), City Pinheirinho e o residencial semi-fechado City Recanto Anastácio, que abrigam moradores das classes média alta e alta.

ÍNDICES DE VIOLÊNCIA

Pirituba não está na lista dos distritos com os maiores índices de violência. De acordo com o mapa da violência em São Paulo do G1, de 2014, Pirituba possui uma taxa de 6 homicídios por 100 mil habitantes. Segundo esta pesquisa, esta taxa chega a ser inferior às de distritos como Casa Verde, Belém, Tatuapé, Morumbi, Perdizes, Ipiranga e Alto da Mooca.

No ranking apresentado, onde constam 93 distritos paulistanos, Pirituba aparece na 71º posição. Nas listas da Exame, como a de 2015, que aponta os bairros onde há taxas de homicídios intoleráveis, e a de 2014, que indica aqueles que apresentam os maiores índices de roubo, onde lideram bairros como Brás, Capão Redondo, Sé, Parelheiros, Campo Limpo e Vila Brasilândia, o distrito de Pirituba nem sequer aparece.

LOCALIZAÇÃO

Pirituba está localizado na região noroeste. Há órgãos da Prefeitura de São Paulo que classificam o bairro como pertencente à zona norte da cidade, mas há outros que o indicam como zona oeste.


Imagens das principais avenidas da região de Pirituba

 

 

 
O MAIOR PORTAL DA REGIÃO DE PIRITUBA - SÃO PAULO - SP

› Home            › Fale conosco

 

Anuncie grátis. Anuncie no Portal de Pirituba

CANAIS

 

› Comercios e Serviços

› Imóveis

› Ofertas de Supermercados

› Empregos

PIRITUBA  

› Sobre Pirituba

› Parques e Lazer

› Feiras Livres